Benzedeiros, por Fernando Gregório

Na cidade onde nasci, no interior de São Paulo, sempre foi comum o hábito de recorrer a benzedeiros. Lembro-me de ser benzido por vários deles.

Nesse ensaio, retornei a Laranjal Paulista, visitei os únicos dois benzedeiros que ainda estão vivos no local e propus retratá-los.

Lá, são conhecidos como Rosa Benzedeira e Zé Leiteiro.

topo