Projetos Especiais Studium

O que é a fotografia hoje?

Editorial

Projetos Especiais apresenta as palestras dos convidados do III Seminário Revista Studium, que teve como tema: O que é uma fotografia hoje?

O ciclo de palestras organizado pela revista Studium discutiu questões que permeiam a fotografia nos tempos atuais, abrindo-se para questões ontológicas, ao mesmo tempo em que debate a imagem em relação às fronteiras ampliadas em contextos híbridos e diluídas em múltiplos campos do conhecimento, principalmente nas artes visuais. O evento ocorreu no Auditório do Instituto de Artes da Unicamp em novembro de 2014. A programação foi pensada no formato de dois convidados por mesa que tivessem produções e pensamentos complementares ou pontos de vista diferenciados, proporcionando abertura no entendimento do lugar do fotográfico nos dias de hoje. Para essa edição as palestras transmitidas on line nos dias do evento foram gravadas e editadas trazendo as imagens para a tela, permitindo assim aproximação direta com a fala dos convidados.

Diálogos com o artista: Nino Cais e Alexandre Sequeira

Os convidados apresentaram suas produções nas quais se destacam processos criativos que remetem à identidade individual  e ao autorretrato na obra de Nino Cais, e à alteridade, ou o encontro com o outro, nas imersões afetivas e antropológicas de Alexandre Sequeira.

Nino Cais

Nino Cais concluiu o bacharelado e a licenciatura em artes plásticas na Faculdade Santa Marcelina (FASM) em São Paulo, SP. Em 2005, participou da coletiva do Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo (CCSP). Em 2006, apresentou uma individual na Galeria Virgílio e participou da mostra SP-Arte, realizada no Pavilhão da Bienal na capital paulista. Em 2007, participou do PINTA Art Show, no Metropolitan Pavillon, em Nova York, Estados Unidos. No ano seguinte recebeu o Prêmio Destaque, conferido pela Fundação Iberê Camargo. Participou da mostra “Trilhas do Desejo”, que apresenta trabalhos de artistas selecionados no Rumos Itaú Cultural 2008-2009, na sede do Instituto, também em São Paulo. Foi premiado no mesmo ano pelo 15º Salão da Bahia. Em 2011, Nino Cais participou da exposição coletiva “Octopus Garden” na Central Galeria de Arte Contemporânea, e em 2012 foi um dos artistas cujos trabalhos estiveram presentes na 30º Bienal de São Paulo.

Alexandre Sequeira

Artista plástico e fotógrafo, é Mestre em Arte e Tecnologia pela UFMG e professor do Instituto de Ciências da Arte da UFPa. Desenvolve trabalhos que estabelecem relações entre fotografia e alteridade social, tendo participado de Encontros de Fotografia, Seminários e Exposições no Brasil e exterior, podendo-se destacar "Une certaine amazonie" em Paris/França; Bienal Internacional de Fotografia de Liège/Bélgica; Exposição no Centro Cultural Engramme em Quebec/Canadá; X Bienal de Havana/Cuba; Paraty em Foco 2009; FotoFestPoa 2010 e 2011; Festival de Fotografia de Recife 2010; Simpósio e exposição “Brush with Light”, na Universidade de Arte Mídia e Design de NewPort no Reino Unido, Festival Internacional de Fotografia de Pingyao/China, exposição “Gigante pela própria natureza” em Valência na Espanha; “Contemporary Brazilian Printing” em New York/EUA; “Segue-se ver o que quisesse” no Palácio das Artes em Belo Horizonte/MG/BR “Geração 00 – a nova fotografia brasileira”; e Projeto Portfólio no Itaú Cultural em São Paulo/Brasil. Tem obras no acervo do Museu da UFPa, Espaço Cultural Casa das 11 Janelas; Coleção Pirelli/MASP, Museu de Arte do Rio/MAR e Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul.

Deslocamentos Fotográficos: Ronaldo Entler e Mauricio Lissovsky

Os dois convidados trouxeram abordagens distintas sobre como o fotográfico, e sua análise, contribuem para a compreensão da vida cultural e a formação de um pensamento visual, nem sempre explícito, mas possível de auscultar sua lógica interna.

Ronaldo Entler

Graduado em Jornalismo pela PUC-SP, mestre em multimeios pelo IA-Unicamp, doutor em artes pela ECA-USP, pós-doutor em multimeios pelo IA-Unicamp. Atuou na imprensa como repórter fotográfico entre 1997 e 2002, participando também de exposições coletivas e individuais. Foi diretor artístico da área de fotografia da Fundação Cultural Cassiano Ricardo de São José dos Campos, entre 1991 e 1995. Entre 2005 e 2010, atuou como professor visitante no Programa de Pós-Graduação em Multimeios do IA-Unicamp. Atualmente, é professor e coordenador de Pós-Graduação da Faculdade de Comunicação e Marketing da FAAP, e professor da Faculdade de Artes Plásticas da FAAP. Tem textos publicados em importantes exposições fotográficas (apresentações e catálogos), revistas e jornais. Editor do blog Icônica.

Maurício Lissovsky

Historiador, doutor em Comunicação pela ECO/UFRJ, pesquisador do Núcleo IDEA. Dedica-se particularmente à fotografia (teoria, linguagem e história). Atualmente desenvolve, em cooperação com a professora Beatriz Jaguaribe, o projeto “Obra Getuliana: Fotografia pública e modernização do olhar no Brasil”. Também é roteirista de Cinema e TV e entre seus trabalhos mais recentes estão os longa-metragens “Seja o que Deus quiser” (Murilo Salles, ficção, 2003) e “A Pessoa é para o que nasce” (Roberto Berliner, documentário, 2004).

Curadoria e Fotografia: Georgia Quintas e Helouíse Costa

As pesquisadoras apresentaram suas ações curatoriais dentro do campo instituicional, caso de Helouise Costa, e as curadorias pensadas na obra de um artista, no caso de Georgia Quintas, permitindo perceber nuancem de cada processo e suas diferenciações de abordagem.

Helouise Costa

Professora livre-docente e curadora do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo. Atua como docente e orientadora junto aos Programas de Pós-Graduação Interunidades em Estética e História da Arte e em Museologia, ambos da USP. Em 1985 foi contemplada com bolsa da Funarte para estudar a fotografia moderna no Brasil e em 2000 recebeu bolsa da Fundação Vitae para investigar as relações entre arte e fotografia nas décadas de 1960 a 1980. Desenvolve pesquisa na área de Artes com ênfase nos seguintes temas: fotografia moderna e contemporânea, história e crítica de arte, museologia e arquitetura de museus. Além de ter inúmeros artigos publicados em periódicos é autora dos livros “Sem medo da vertigem” (Marca D’Água, 1995); “Waldemar Cordeiro e a fotografia” (CosacNaify, 2001) e co-autora de “A fotografia moderna no Brasil” (CosacNaify, 2004) e “As origens do fotojornalismo no Brasil: um olhar sobre O Cruzeiro” (Instituto Moreira Salles, 2012).

Georgia Quintas

Antropóloga, professora e pesquisadora no campo da teoria, filosofia e crítica da imagem fotográfica. Doutora em Antropologia pela Universidade de Salamanca (Espanha), mestre em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e pós-graduada em História da Arte pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP/SP. Autora dos livros: Abismo da carne (2014), Inquietações fotográficas – Narrativas poéticas e crítica visual (2014), Olhavê Entrevista (2012) e Man Ray e a Imagem da Mulher – A vanguarda do olhar e das técnicas fotográficas (2008). Atualmente, desenvolve pesquisa de Pós-doutorado em Comunicação e Semiótica na PUC/SP com ênfase em processos criativos. É curadora independente e escreve sobre fotografia no blog Olhavê.

Fotografia em tempo real: Mídia Ninja e Tuca Vieira

Nesse bloco de debates colocou-se em pauta a questão da autoria individual e da autoria coletiva, ao mesmo tempo, pensando que o lugar da fotografia nos dias de hoje são de fluxo continuo de telas, nas quais os aspectos informacionais são relevantes e indutores da visualidade contemporânea.

Mídia Ninja

Uma rede de comunicadores que produzem e distribuem informação em movimento, agindo e  comunicando. Apostando na lógica colaborativa de criação e compartilhamento de conteúdos, característica da sociedade em rede, para realizar reportagens, documentários e investigações no Brasil e no mundo. Sua pauta está onde a luta social e a articulação das transformações culturais, políticas, econômicas e ambientais se expressa. A Internet mudou o jornalismo e o Mídia Ninja faz parte dessa transformação. Vivem uma cultura peer­-to-­peer (P2P), que permite a troca de informações diretas entre as pessoas, sem a presença dos velhos intermediários. Novas tecnologias e novas aplicações têm permitido o surgimento de novos espaços para trocas, nos quais as pessoas não só recebem, mas também produzem informações. Neste novo tempo, de redes conectadas às ruas, emergem os cidadãos­-multimídia, com capacidade de construir sua opinião e compartilhá-­la no ambiente virtual.

Tuca Vieira

Formado em letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (1998). Fotógrafo profissional desde 1991, trabalhou no Museu da Imagem e do Som, Sesc-SP e na agência N-Imagens. Fez parte da equipe de fotografia do jornal Folha de S. Paulo de 2002 a 2009. Atualmente é fotógrafo independente, desenvolvendo projetos envolvendo cidade, paisagem urbana, arquitetura e urbanismo. Participou de exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior.

Expediente

Projetos Especiais Studium
ISSN: 1519-4388
fevereiro de 2015

Imagem e Arte da capa: Lygia Nery

Equipe Studium:
Coordenação Editorial: Fernando de Tacca
Comissão Editorial: Iara Lis Schiavinatto e Mauricius Farina
Assistente Editorial e Revisão: Paula Cabral Tacca
Assistentes de Produção: Érico Elias, Gabriel Pereira, Pablo Gea e Patrícia Bento Rosa
Editores de Vídeo e Áudio: Valdir Paixão Rodrigues Junior e Pablo Gea
Consultoria Bibliográfica: Maria Lúcia N. D. Castro
ß-tester PC: Rogério Simões da Cunha
Estagiário: Gabriel Pereira
Suporte Técnico e Programação: Daniel Roseno da Silveira
Webmaster e Designer: Lygia Nery

Conversas com o artista - Nino Cais
08 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

Conversas com o artista - Alexandre Sequeira
08 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

Deslocamentos fotográficos - Ronaldo Entler
15 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

Deslocamentos fotográficos - Maurício Lissovsky
15 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

Curadoria e Fotografia - Georgia Quintas
22 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

Curadoria e Fotografia - Helouise Costa
22 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

Fotografia em Tempo Real - Midia Ninja
29 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

Fotografia em Tempo Real - Tuca Vieira
29 de outubro de 2014, no auditório do IA, Unicamp

voltar para a capa desta edição