Previous Home Next

17
A chegada do Chachá e da sua comitiva ao palácio real de Singboji, atual Museu Histórico de Abomé, para a cerimônia de transmissão dos aparatos de poder correspondentes ao título de vice-rei de Uidá, estava prevista para as dez horas. Mas todos tiveram de esperar mais de uma hora, parados a 300 metros da entrada do palácio, pela chegada da equipe de cobertura da televisão estatal. Foi, portanto, lá pelas onze horas que, diante das câmeras, o luxuoso automóvel do Chachá se pôs em movimento, escoltado por duas fileiras de damas de honra. A poucos metros do palácio, o Chachá desceu e se dirigiu à entrada  reservada ao antigo rei Glelè, sempre acompanhado do seu séquito, que recitava as louvações tradicionais da família para anunciar a sua presença.