REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (NBR 6023):
NOTAS EXPLICATIVAS

 

 

1.      ORDEM DOS ELEMENTOS

Os elementos das referências bibliográficas é que estabelecem a ordem padronizada para a sua apresentação. Obedecem a uma seqüência específica para cada tipo de documento referenciado, embora sempre obedecendo a um critério lógico na sua disposição.

Cada uma das classes de documentos tem suas características e, assim, aqueles elementos também podem aparecer de maneira diversificada quanto à sua localização, na própria referência.

 

1.1. MONOGRAFIAS EM GERALvoltar à pg. anterior

 Monografia é um documento completo em si mesmo, constituído de uma só parte, ou de um número preestabelecido de partes separadas. Assim, sob a forma de livro, folheto, tese, dissertação, separata etc. , tem seus elementos dispostos em determinada seqüência: autor, título, subtítulo, número da edição, local de publicação, nome da editora e data de publicação.

1.1.1.  Consideradas no todo

 Ex.: a) Livro:voltar à pg. anterior

MADIAS, Nicolaos E. O que você pode fazer para tratar a hipertensão; tradução de Fernando B. Ximenes. 2. ed. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1993. 108 p. il. (Você é seu médico). Bibliografia: p. 107-108. ISBN 85-00-30326-3.

 

b) Folheto:voltar à pg. anterior

MARTUSCELLO, Carmine. Suicídio: percepção e prevenção. 2. ed. Rio de Janeiro: Cultura Médica 1993. 45 p. il. (Sinopse de psiquiatria). Bibliografia: p. 44-45. ISBN 85-7006-152-8.

 

c) Trabalhos acadêmicos:voltar à pg. anterior

MENDONÇA, Mônica Lemos de. Títulos uniformes em legislação. 1993. 98 f. Monografia apresentada Escola de Biblioteconomia da UNI-RIO para obtenção do grau de bacharel em Biblioteconomia.

 

d) Dissertação:voltar à pg. anterior

PEROTA, Celso. O sítio de Monsarás: evidências arqueológicas. 1979. 179 p. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social)- Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 1979.

 

e) Tese:voltar à pg. anterior

CARVALHO. Janete M. A formação do professor e do pesquisador em nível superior no Brasil: análise do discurso do governo e da comunidade acadêmico-científica(1945-1964). 2 v. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação. Universidade Federal do Rio de Janeiro. 1992.

 

f) Separata de monografia:voltar à pg. anterior

MUÑOZ AMATO, P. Planejamento. Rio de Janeiro: FGV, 1955. 55 p. Separata de Introducción a la administración pública. México: Fondo de Cultura Econômica, 1995. Cap. 3.

 

g) Relatório oficial:voltar à pg. anterior

A entrada é feita pelo nome da instituição e não pelo autor do relatório. Só é incluída a editora quando diferente do autor.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Relatório 1979. Curitiba, 1979. 70 p. Mimeogr.

EMPRESA PARANAENSE DE TURISMO. Turismo no Paraná 1978/79: atividades desenvolvidas e plano de atuação. Curitiba, 1979, 149 p.

BRASIL. Presidente (1992-1994: Itamar Franco). Mensagem ao Congresso Nacional na abertura da 4. Sessão Legislativa Ordinária da 49. Legislatura. [S. I. : s. n.], 1994.

 

h) Biografias e obras críticas:voltar à pg. anterior

MACEDO, Neusa Dias de. Bibliografia de Manuel de Oliveira Lima: com estudo biográfico e cronologia. Recife: [s. n.], 1968.

SIMÕES, João G. Fernando Pessoa: esforço interpretativo de sua vida e obra. Lisboa: Inquérito, [196-], 1968.

 

i) Enciclopédias e dicionários:voltar à pg. anterior

ENCICLOPÉDIA Mirador Internacional, São Paulo: Encyclopaedia Britannica do Brasil, 1975.

FERREIRA, Aurélio B. Hollanda. Novo dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1975.

 

1.1.2. Partes de monografia (capítulos, trechos, fragmentos, volumes)voltar à pg. anterior

1.1.2.1. Sem autoria especial

Compõem a referência bibliográfica de partes de monografia sem autoria especial informações sobre autor, título, número da edição, imprenta (local, nome do editor e ano de publicação), descrição física (número de páginas ou volumes), localização da parte referenciada.

 

Ex.: a) Livros:voltar à pg. anterior

BROOMAN, F. S. Macroeconomia. Rio de Janeiro: Zahar, 1970. Cap. 4. p. 84-116: O nível de emprego.

CUNHA, Luiz Antonio. Qual universidade? São Paulo: Autores Associados, 1987. p. 33-49: Universidade e Estado no Brasil: passado e presente.

 

b) Verbetes de dicionários e enciclopédias sem indicação de autoria:voltar à pg. anterior

BIBLIOTECONOMIA, In: FERREIRA, Aurélio B. de Hollanda. Novo dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1975. p. 202.

 

1.1.2.2. Com autoria

 A ordem dos elementos, em partes de monografias com autoria própria, é: autor da parte referenciada, título da parte referenciada, referência da publicação no todo precedida da partícula In e localização da parte referenciada.

Ex. a) Livros:voltar à pg. anterior

CORÇÃO, Gustavo. O papel e a responsabilidade das elites nos tempos presentes. In: CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO (Brasil). Problemas jurídicos e sociais. Rio de Janeiro, 1959. p. 113-130.

SOUZA, P. A colonização como sistema. In: Novaes, F. Estrutura e dinâmica do antigo sistema colonial. São Paulo: Brasiliense, 1990 P. 13-36.

FAVEZ-BOUTONNIER, Juliete. Prefácio. In: LAPASSADE, Georges. Grupos, organizações e instituições. 3. ed. Rio de Janeiro: F. Alves, 1989. p. 9-12.

 

b) Separatas:voltar à pg. anterior

As separatas de monografias são referenciadas como monografias consideradas em parte, substituindo-se a expressão "In" por  Separata de.

Ex:

GLUCKMANN, M. Kinship and marriage among the Lozi. Separata de RADCLIFF-BROWN, A. R., FORD, D. (Ed.) African System of Kinship and marriage. London: Oxford University Press, 1970. p. 166-206.

c) Eventos:voltar à pg. anterior

JUNG, Maria do Rocio T. As técnicas de marketing a serviço da Biblioteconomia. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 9., 1977, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: Associação Riograndense de Bibliotecários, 1977. p.230-239.

 

d) Verbetes de dicionário e enciclopédias com indicação de autores:voltar à pg. anterior  

FREIRE, J. G. Pater famílias. In: ENCICLOPÉDIA Luso-Brasileira de Cultura Verbo. Lisboa: Editorial Verbo. 1971. p. 237.

 

1.2. PUBLICAÇÕES PERIÓDICASvoltar à pg. anterior

Publicação periódica é a constituída de fascículos, números ou partes, editamos a intervalos prefixados, por tempo indeterminado, com a colaboração de diversas pessoas, sob a direção de uma ou várias, em conjunto ou sucessivamente, tratando de assuntos diversos, segundo um plano definido.

 

1.2.1. Consideradas no todo (coleção)voltar à pg. anterior

É a seguinte a ordem dos elementos na referência bibliográfica de periódicos considerados no todo: título do periódico, local de publicação, editor (entidade responsável, se não constar do título e/ou editor comercial), data (ano) do primeiro volume e, se a publicação cessou, também do último, periodicidade (semanal, quinzenal, mensal, bimestral etc. ou freqüência irregular), notas especiais (títulos anteriores, indicação de resumos etc.) e ISSN.

Ex.

JORNAL SUL AMERICANO DE MEDICINA. Rio de Janeiro: EDARTEC, 1979-1980. Trimestral. ISSN 0100-3844.

ANTENNA: eletrônica popular. Rio de Janeiro: Antenna. 1983-Mensal. Absorveu: Antena e Eletrônica popular.

REVISTA BRASILEIRA DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO. S. Paulo: FEBAB. 1973-1992. Semestral. Continuada por: Boletim Informativo da Federação de Associações de Bibliotecários. ISSN 0100-0691.

REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Rio de Janeiro: Escola Brasileira de Administração Pública. 1967 - Trimestral Continuação de: Boletim do Centro de Pesquisas Administrativas de EBAP. ISSN 0034-76-12.

 

1.2.2.    Consideradas em partevoltar à pg. anterior

Constituem-se como periódicos considerados em parte: fascículos, suplementos, números especiais de uma publicação periódica ou seriada.

A ordem dos elementos correspondentes, na referência bibliográfica, é: título do fascículo, suplemento de número especial, se houver, local e editor, indicação de volume, número e data, total de páginas do fascículo etc. e nota indicativa de fascículo.

Ex.:

REVISTA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA. Atlas de relações internacionais. Rio de Janeiro: IBGE .v. 29, n. 1. Jan./mar., 1967. Caderno Especial, 1.

BOLETIM INFORMATIVO DO CIESP-FIESP. Panorama econômico, São Paulo. v. 65, n. 614. Jan., 1961. Suplemento mensal, 30.

BOLETIM DO DEPARTAMENTO ECONÔMICO DO IBC. Exportação brasileira de café. Rio de Janeiro, v. 3. n. 1-4, nov., 1966. Número especial.

PESQUISA POR AMOSTRA DE DOMICÍLIOS. Mão-de-obra e previdência. Rio de Janeiro: IBGE. v. 7, 1983.

 

1.2.3.    Artigos em revistasvoltar à pg. anterior

Para referenciar artigos publicados em revistas, a ordem dos elementos compõe-se de autor do artigo, título do artigo, título da revista, título do fascículo, suplemento ou número especial, quando houver, local de publicação, número do volume, fascículo, páginas inicial e final do artigo, mês (ou equivalente) e ano (do fascículo, suplemento ou número especial).

 

Ex.: a) Com indicação de autoria:voltar à pg. anterior

COSTA, ª F. C. da. Estrutura da produção editorial dos periódicos biomédicos brasileiros. Transinformação. Campinas, v. n. 1 p. 81-104, jan./abr., 1989.

HARGROVE, J. W., LANGLEY, P. A. Sterilizing tsetse (Díptera: glossinidae) in the field: a successful trial.  Bulleting of Entomological Research, Wallingford. V. 80. no. 4. p. 397-403. Dec., 1990.

BIRD, Robert Mck., Dias Jr. Ondemar F., Carvalho, Eliana T. de. Subsídios para a arqueobotânica no Brasil: o milho antigo em cavernas de Minas Gerais, Brasil. R. de Arqueologia, São Paulo, v. 6. p. 14-31, 1991.

CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Parecer n. 1406 de 5 de outubro de 1979. Consulta sobre o plano de aperfeiçoamento médico a cargo do Hospital dos Servidores de São Paulo. Relator Antonio Paes. Documenta , [Brasília, DF], n. 227, p. 217-230, out., 1979.

BRASIL. Consultoria Geral da República. Parecer n. H-837 de 27 de maio de 1969. Competência para expedição de atos de provimento e vacância em estabelecimentos de ensino superior. Lei n. 5539 de 1968 (art. 15). Consultor: Adroaldo Mesquita da Costa. In: CARVALHO, G. I. (Org.).  Ensino superior: legislação e jurisprudência. São Paulo: R. dos Tribunais, 1975. v. 4, p. 372-374.

Mais de três autores, com destaque para os três primeiros.

NEVES, Ângela M. C. K., BORGES, M. Alice G., BONIFÁCIO, Nelma C. et al. Sistema de informação para o Ministério do Interior: Projeto SIPLAN. R. de Biblioteconomia, Brasília, DF. v. 1, n. 2, p. 193-201, jul./dez., 1973.

  

b) Sem indicação de autoria:voltar à pg. anterior

UM projeto na Amazônia para salvar as tartarugas de rio. Geografia Universal. Rio de Janeiro, n. 141, p. 94-95, fev. 1995.

 Nas separatas de periódicos proceder a transcrição do título do periódico pela expressão de Separata de.

ROBL, A. Língua e "recorte" da realidade. Separata de Letras, n. 24, p. 193-201, jul./dez., 1975.

 

1.2.4.    Artigos em jornaisvoltar à pg. anterior

Para artigos em jornais, a ordem dos elementos a obedecer é: autor do artigo, título do artigo, título do jornal, local de publicação, data (dia, mês e ano), descrição física, número ou título do caderno, seção, suplemento, páginas do artigo referenciado e número de ordem das colunas. A palavra coluna é abreviada por "c".

 

Ex.: a) Com indicação de autoria:voltar à pg. anterior

AARÃO, I. Uma família de escritores. A Gazeta, Vitória, 22 de maio 1990. Caderno Dois. p. 1.

SOUZA, Cláudio de. Arte brasileira em longo retrospecto: exposição do UNIBANCO revela produção de 70 anos. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 4 set., 1994. Caderno B, p. 7.

FITTIPALDI, Maristela. Elas querem mais romance. O Globo, Rio de Janeiro, 4 set., 1994. Jornal da Família, p. 4.

 

b) Sem indicação de autoria (a entrada é feita pelo título):voltar à pg. anterior

DALLARI diz que o governo intervirá em plano de saúde. A Gazeta, Vitória. 18 jun. 1994. P. 9, c. I

 

c) Artigo em suplemento de jornalvoltar à pg. anterior

SODRÉ, M. A sedução pelo seqüestro. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 20 maio 1990. Idéias, ensaios, n. 9.

PACHECO, Renato. Perenidade de Rubem Braga. A Gazeta, Vitória, 31 ago. 1994. Nossolivro, n. 1, p. 3.

  

1.3.  PATENTESvoltar à pg. anterior

Patentes são o registro da proteção dos direitos de um inventor, descrevendo a essência de sua invenção. A respectiva referência constitui-se dos seguintes elementos: nome e domicílio do depositante, do inventor e do titular (concessionário ou instituição que colaborou com ou patrocinou a invenção e pessoa física ou jurídica quando houver) – mencionar os elementos repetidos apenas uma vez - , título da invenção na língua original, classificação internacional de patentes, país (sigla do país, segundo código internacional de  duas letras), seguido do número do depósito, número da publicação e da patente expedida quando houver data do depósito, da publicação do pedido, de privilégio e da expedição da carta patente, quando houver, indicação da publicação onde foi citada a patente.

 Ex.:

 COMMODITIES TRADING AND DEVELOPMENT LIMITED.
André Aspa. Processo e instalação para alcalinizar e pasteurizar as sementes de cacau antes de seu esmagamento. Int. C13 A 23 G ½. BRn. PI 8002165. 2 abr. 980; 25 nov. 1980. Revista de Propriedade Industrial, Rio de Janeiro, n. 527, p. 15, 25 nov. 1980.

 

1.4.  REFERÊNCIA LEGISLATIVAvoltar à pg. anterior

 

1.4.1.  Acórdãos, decisões e sentenças das cortes ou tribunaisvoltar à pg. anterior

Em todos esses documentos de natureza legislativa, a ordem dos elementos, para referência bibliográfica, é: nome do local (país, estado ou cidade), nome da corte ou tribunal, ementa ou acórdão, tipo e número do recurso (agravo de instrumento, agravo de petição, apelação cível, apelação criminal, embargo, "habeas-corpus", mandado de segurança, recurso extraordinário, recurso de revista etc.), partes litigantes, nome do relator precedido da palavra "Relator", data do acórdão, sempre que houver, indicação da publicação que divulgou o acórdão, decisão, sentença etc., voto vencedor e voto vencido, de acordo com as regras cabíveis na norma NBR 6023.

Ex.:

BRASIL.Supremo Tribunal Federal. Exceção de suspeição de Ministro. Argüição de suspeição n.° 10. Ednardo Silva de Araújo e Exmo. Sr. Ministro Aldir Passarinho. Relator: Ministro Moreira Alves. 26 de fevereiro de 1986. Revista Trimestral de Jurisprudência, Brasília, DF, v. 117, p. 457-458, ago. 1986.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Deferimento de pedido de extradição. Extradição n° 410. Estados Unidos da América e José Antonio Fernandez. Relator: Ministro Rafael Mayer. 21 de março de 1984. Revista Trimestral de Jurisprudência, Brasília, DF, v. 109, p. 870-879, set. 1984.

 

1.4.2.    Leis, decretos, portarias etc.voltar à pg. anterior

Com relação aos elementos da referência bibliográfica de leis, decretos, portarias etc., sua ordem assim se expressa: nome do local (país, estado ou cidade), título (especificação da legislação, número e data), ementa e indicação da publicação oficial.

Ex.:

BRASIL. Decreto n.° 1205, de 1 de agosto de 1994, Aprova a estrutura regimental do Ministério do Meio Ambiente e da Amazônia Legal, e dá outras providências. Diário Oficial [da] Republica Federativa do Brasil, Brasília, DF, v. 132, n. 146, p. 11509, 2 ago. 1994. Seção 1, pt. 1.

BRASIL. Lei n.° 8926, de 9 de agosto de 1994. Torna obrigatório a inclusão, nas bulas de medicamentos, de advertências e recomendações sobre o seu uso por pessoas de mais de 65 anos. Diário Oficial [da] Republica Federativa do Brasil. Brasília, DF, v. 132, n. 152, p. 12037, 10 ago., 1994. Seção 1. pt. 1.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição [da] Republica Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal.

RIO DE JANEIRO (Estado). Lei n.° 1848, de 23 de julho de 1991. Dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o exercício de 1992 e dá outras providências. Diário Oficial [da] Republica Federativa do Brasil, Brasília, DF, v. 132, n. 155, p. 12247. 15 ago. 1994. Seção 1, pt. 1.

1.5.  MULTIMEIOSvoltar à pg. anterior

São considerados multimeios os suportes de informação diferentes do livro, tais como: fitas cassete, slides, filmes cinematográficos, gravações de vídeo, materiais iconográficos, materiais cartográficos, gravações de som, microformas, música impressa.

Geralmente, por serem resultado de trabalho em equipe alguns tipos de multimeios como materiais cartográficos, filmes cinematográficos, gravações de vídeo, têm entrada pelo título. Outro fator para se optar pela entrada pelo título é por ser esta a forma mais comum de solicitação por parte do usuário.

Obs.: Os elementos componentes da descrição física são opcionais; pode-se omiti-los totalmente ou apenas dar a indicação da quantidade física de itens, por ex.: 3 slides, 1 cassete sonoro (90 min); 1 videocassete (18 min); 1 fot.

Ex.:

a) Gravação de Vídeo:voltar à pg. anterior

VILLA-LOBOS: O índio de casaca. Rio de Janeiro: Manchete Vídeo, 1987. 1 videocassete (120 min): VHS, son., color.

 

b) Fita cassete:voltar à pg. anterior

FAGNER, Raimundo. Revelação. Rio de Janeiro: CBS, 1998.1 cassete sonoro (60 min): 3¾ pps, estéreo.

 

c) Slide (Diapositivo):voltar à pg. anterior

PEROTA, Celso. Corte estratigráfico do sítio arqueológico Guará I. 1989. 1 slide: color.

 

d) Fotografia:voltar à pg. anterior

FORMANDOS de Biblioteconomia, turma 1968/Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 1968. 1 fot.: p&b.

 

Álbum de fotografia:voltar à pg. anterior

UNIVERSIADE Federal do Espírito Santo: administração Prof. Alaor Queiroz Araújo. 27 de junho 1967. 1967. 1álbum (32 fotos: p&b: 18 x 24 cm): 33 x 45 cm.

Fotografia de obras de arte:voltar à pg. anterior

Destaque para o fotógrafo:

GUIMARÃES, José Ferreira. Paisagem de Humaitá, 19 fev. 1878. Pintura de Victor Meirelles, 1868. 1 fot.: albúmen, p&b: 21 x 34 cm.

Destaque para o autor da obra de arte:

MEIRELLES, Victor. Paisagem de Humaitá, 19 fev. 1868. Fotografia da pintura por J. F. Guimarães, 1878. 1 fot.: albúmen, p&B: 21 x 34 cm.

 

e) Mapa:voltar à pg. anterior

MAPA mundi: político, didático. Escala 1:100.000. São Paulo: Michelany, 1982. 1 mapa: color; 120 cm. 

 

f)  Globo:voltar à pg. anterior

GLOBO terrestre. Escala 1:63.780.000 [São Paulo]: Atlas, 1980. 1 globo: color.; 30 cm de diâm.

 

g) Atlas:voltar à pg. anterior

ATLAS do Brasil: geral e regional. Rio de Janeiro: IBGE, 1960. 1 atlas (705 p.): 69 mapas (alguns color.).

 

h) Filme:voltar à pg. anterior

O AMIGO do povo. São Paulo: ECA, 1969. 1 bobina cinematogr. (10 min): son., p&B, 16 mm.

 Ou

O AMIGO do povo. Entidade produtora Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Direção e produção Jean Koudela. São Paulo: ECA, 1969. 1 bobina cinematogr. (10 min): son., p&b: 16 mm.

 

i) Jogo:voltar à pg. anterior

GAMÃO. São Paulo: Estrela, 1980. 1 jogo (30 peças, 2 dados, 1 tabuleiro com 24 triângulos): p&b.

 

j) Jogo eletrônico:voltar à pg. anterior

MICROSOFT flight simulator. Version 4.0 Redmond, WA: Microsoft, 1989. 2 disquetes: son., color.; 5 ¼ pol. + 1 manual de informação. Para IBM PCs e compatíveis.

 

l) Partitura musical:voltar à pg. anterior

CANHOTO. Abismo de rosas: valsa lenta. São Paulo: CEMBRA., [192-?]. partitura (3 p.).

15 danzas nacionales europeas. Buenos Aires: Ricordi Americana, 1950. 15 partituras (59 p.).

 

m) Microficha:voltar à pg. anterior

CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 9., 1977, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: Associação Riograndense de Biblioteconomia, 1977. 4 microfichas (1022 fotogr.).

 

n) Disco:voltar à pg. anterior

A entrada para as gravações de some, em princípio, pelo compositor, principal responsável pelo conteúdo intelectual da obra. Contudo, a entrada será pelo intérprete quando se tratar de um item com obra de vários compositores, como é o caso de discos/fitas de cantores populares.

TAPAJÓS, Paulinho. Coisas do coração. São Paulo: Som Livre, 1981. 1 disco sonoro (ca. 50 min): 33½ rpm; 12 pol.

Compact discvoltar à pg. anterior

VENTURINI, Flávio. Cidade veloz. São Paulo: Chorus/ Som Livre, 1990. 1 compact disc (ca. 44 min).

Faixa de discovoltar à pg. anterior

PIAZZOLA, Astor. Bandoneon. (Em PIAZZOLA, Astor. Lumiere. São Paulo: RGE - Fermata, 1976. Lado 2 de 1 disco sonoro, faixa 2, 4min 10s).

Informação sobre a série ou coleção a que pertence um discovoltar à pg. anterior

CLÁSSICO Barroco. São Paulo: Movie Play, [1995?]. 1 compact disc (67:88 min). (Áudio news collection, v. 2).

 

o) Obra de arte:voltar à pg. anterior

SAMÚ, Raphael. Vitória, 18,35 horas, 1977. 1 grav.: serigr., color.: 46 x 63 cm. Coleção particular.

MATTOS, M. Dirce. Paisagem - Quatro Barras, 1987. 1 original de arte: Óleo sobre tela; 40 x 50 cm. Coleção particular.

 

p) Cartão postal:voltar à pg. anterior

GUARAPARI: vista aérea. São Paulo: Mercator, [197-] 1 cartão postal: color, 11 x 15 cm.

 

q) Arquivo de computador:voltar à pg. anterior

GUIMARÃES, Rachel Cristina Mello. ISA.EXE: sistema de gerenciamento para seleção e aquisição de material bibliográfico. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, Biblioteca Central, 1995. 2 disquetes 5 ¼ pol. Equipamento mínimo: PC 386 ou mais avançado; ACCESS/Visual Basic.

 

r) Documentos eletrônicos disponíveis na internet:voltar à pg. anterior

Trabalho individual com indicação de autoriavoltar à pg. anterior

WALKER, Janice R. MLA-style citations of eletronic sources [on line]. Jan. 1995, revisado em abr. 1995. Disponível em: http://www.cas.usf.edu/english/walker/mla.html Acesso em: 4 set. 1995.

 

Trabalho individual sem indicação de autoriavoltar à pg. anterior

PREFACE to representative poetry on-line: version 2.0 [online]. 1996. Disponível em: http://library.utoronto.ca/www/utel/rp/intro.html Acesso em: 17 jan. 1997.

  

Autor corporativovoltar à pg. anterior

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Núcleo de Processamento de Dados. Cursos - NPD/UFES [online]. 1997. Disponível em: http://npdl.ufes.br/~cursos/ Acesso em: 2 mar. 1997.

 

Parte de um trabalhovoltar à pg. anterior

SILVA, R. N., OLIVEIRA, R. Os limites pedagógicos do paradigma da qualidade total na educação. In: Congresso de iniciação científica da UFPE. 4., 1996, Recife. Anais eletrônicos...1996. Disponível em: http://www.propesq.ufpe.br/anis/htm Acesso em: 21 jan. 1997.

 

Artigo de jornal com indicação de autoriavoltar à pg. anterior

DAUCH, Karin. Alta qualificação credencia brasileiras ao sucesso. O Estado de São Paulo [online], São Paulo, 3 mar. 1997. Mulher. Disponível em: http://www.estado.com.br/edição/mulher/trabalho/pos.html Acesso em: 3 mar. 1997.

 

Artigo de jornal sem indicação de autoriavoltar à pg. anterior

AS MULHERES de 12 anos. O Estado de São Paulo [online], São Paulo, 26 maio 1996. Espaço Aberto. Disponível em: http://www.estado.com.br Acesso em: 27 maio 1996.

 

Artigo de revista com indicação de autoriavoltar à pg. anterior

TAVARES, José de Farias. Procuratura da infância e da juventude Dataveni@ [online]. João Pessoa. N. 4, P. 1-3, Fev, 1997. Disponível em: http://www.cgnet.com.br/~dataveni@/tavares.html Acesso em: 3 mar. 1997.

 

Artigo de revista sem indicação de autoriavoltar à pg. anterior

MULTIMÍDIA para iniciantes. NPC World [online]. São Paulo, fev. 1997. Disponível em: http://www.idg.com.br/pcworld/56multim.htm Acesso em: 2 mar. 1997.

 

Mensagem pessoalvoltar à pg. anterior

MORAFF, Steve (moraffware@aol.com)  Re: Jongg CD. E-mail para MENDES, M.T.R. (mtmendes@ism.com.br) Acesso em: em 8 jan. 1997.

 

Obs: a abreviatura "RE" (replay) que precede a indicação do assunto da mensagem significa tratar-se de mensagem reposta.

 

Mensagem em lista de discussãovoltar à pg. anterior

LISTA de discussão sobre moda [online]. Disponível em: E-mail: lista@moda.com.br  Acesso em: em 28 fev. 1997.

 

Obs: referência obtida através do arquivo de pesquisa.

 

s) Documentos eletrônicos disponíveis em CD-ROMvoltar à pg. anterior

 

Trabalho individualvoltar à pg. anterior

JORGE Amado [CD-ROM]: vida e obra. Versão 1.0. Concepção, pesquisa, projeto e coordenação de mídias e de direitos autorais: CAMM - Consultores Associados & Multimídia. Rio de Janeiro: MI - Montreal Informática. [1994]. Equipamento mínimo: PC 386DX$ 4 Mb RAM; Monitor SVGA, 256 cores; WINDOWS 3.1; drive de CD-ROM; Kit multimídia; placa de som co 2 caixas de som amplificadas.

 

OBS: a indicação do equipamento mínimo é opcional

 

Parte de um trabalhovoltar à pg. anterior

BRASIL colônia. In: HISTÓRIA do Brasil ATR [CD-ROM]. Rio de Janeiro: ART Multimedia, 1995. 21 f. Acesso em: 12 set. 1996.


O conteúdo deste guia foi obtido a partir da publicação "Formatação e normatização de trabalhos monográficos", organizada por Dinair Leal da Hora e editada pela Universidade da Amazônia, Belém, 1999.

Revisão técnica de Maria Lúcia Nery Dutra de Castro.


voltar para a capa de studium



voltar à área de suporte aos colaboradores